Menu
Busca segunda, 21 de outubro de 2019
Top Ms
Polícia

Morto por tiro de arma 'não letal' estava com tesoura na mão, diz GCM

Antes, suspeito levou disparo de arma de choque

12 outubro 2019 - 10h34Por Thiago de Souza

A Guarda Municipal de Dourados alegou que Elcindo Alexandre Neto, 35 anos, morto por um tiro de bala de plástico, estava com uma tesoura na mão, no Parque Rego D’Água, em Dourados.  Ele teria fugido e resistito a uma abordagem por conta de uma queimada em um terreno na região.

Conforme o Dourados News, a GCM foi checar denúncia de queimada criminosa no bairro e soube que Elcindo era o responsável. Depois de fugir, o suspeito entrou em uma residência, de onde saiu armado com a tesoura.

Assim que teria partido para cima dos guardas, um agente disparou tiro de arma de choque, mas ele se livrou do disparo e seguiu em fuga. Os guardas então atiraram com balas de plástico (polietileno), sendo que uma delas atingiu a barriga de Elcindo, que passou por grande sangramento. O suspeito foi socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros,  mas morreu  no local.

O caso foi registrado como tentativa de homicídio contra a Guarda, incêndio criminoso, resistência à prisão e violação de domicílio.