(67) 99826-0686
PMCG - REFIS 01 a 30/07/2019

Motoboy leva tiro na perna ao tentar atropelar policial

Piloto não teria obedecido ordem de parada e supostamente teria jogado a moto contra os militares

16 ABR 2019
Da redação/JP News
16h16min
Foto: Reprodução/JP News

Policiais militares faziam buscas por suspeitos de roubo em uma farmácia no bairro Jardim Cangalha, quando teriam tentado abordar um motoboy e o alvejaram com um disparo de arma de fogo. Segundo a ocorrência, o motociclista conduzia o veículo de forma perigosa (empinando) e desobedeceu a ordem de parada, jogando a moto contra os policiais.

O ferido de 23 anos, que já teria passagem policial por direção perigosa, foi atendido por uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) e levado para o Hospital Auxiliadora, por volta das 20h de sábado. O tiro teria atingido a perna do suspeito, na altura da canela.

De acordo com o relato dos PMs, o motoboy foi abordado no cruzamento das ruas Josino da Cunha Viana e Duque de Caxias, após ser flagrado empinando a moto, inclusive com caixa de entrega. Um dos policiais teria feito gestos para que ele diminuísse a velocidade e parasse o veículo, mas não teria sido obedecido.

Ele teria jogado a moto no PM de 40 anos. O outro policial, de 34 anos, teria atirado na perna do agressor, que caiu. Após o socorro médico, o suspeito teria sido levado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) onde foi ouvido e liberado.

A arma, uma pistola .40, teria sido apreendida para perícia, como é procedimento de praxe da Polícia Civil. Ainda de acordo com a polícia, o motoboy já teria sido autuado outras vezes pelo mesmo tipo de crime e não possui CNH (Carteira Nacional de Habilitação). O caso foi registrado como desobediência, falta de permissão ou habilitação, direção perigosa e lesão corporal decorrente a intervenção policial. A moto foi apreendida no pátio do Detran.

Veja também