TCE MAIO
TJMS MAIO
Menu
segunda, 23 de maio de 2022 Campo Grande/MS
GOV EMPREGO MAIO
Polícia

Mulher é agredida e diz que já foi obrigada a fazer sexo sob a mira de uma pistola

Ela disse que o marido ameaça matar ela e toda a família

04 setembro 2018 - 08h45Por Dany Nascimento

Rodriano Arruda Pereira, 31 anos, foi preso na madrugada desta terça-feira (4), suspeito de agredir e ameaçar a esposa de morte em uma residência no centro de Ponta Porã. Segundo o Boletim de Ocorrência, a mulher de 28 anos afirmou que o marido fez uso de drogas e em seguida, disse que mataria a mesma e toda sua família caso houvesse separação.

Ela afirma que essa não é a primeira vez que é ameaçada pelo marido e que já foi obrigada a ter relação sexual com o mesmo sob a mira de uma pistola. Ao chegar na residência, os policiais encontraram Rodriano alterado e ele tentou fugir, sendo contido pela guarnição.

A mulher disse aos policiais que o homem se dedica a venda de drogas, já goi preso em Goiás e faz serviço para diversos traficantes na região. Na casa, os policiais encontraram uma pistola da marca FN de cor preta cal. 7.65, com um carregador, um caixa de munição cal. 7.65mm da marca Aguila com 11 munições e dois tabletes, que totalizaram 940 gramas e o outro tablete de 433 gramas da droga.

Na carteira do homem, os policiais encontraram R$ 1270 e no quarto, foi encontrado ainda, uma sacola contendo 13 relógios de diferentes marcas. Ele disse que ganha relógios por aí. Ele foi encaminhado para a delegacia da região.