Menu
terça, 25 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Polícia

Mulher é morta a tiros pelo ex e polícia suspeita de crime passional

16 dezembro 2015 - 09h17Por Mariana Anunciação

Bruna Saritta Rosa de Oliveira, de 27 anos, foi assassinada a tiros por seu ex-marido, às 19h15 de ontem (15), quando estava na Rua João Pessoa, no Bairro Semíramis, no município de Rio Verde de Mato Grosso/MS, localizado a cerca de 171 quilômetros de Campo Grande.

Quando a Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência, a mulher já estava em óbito e os militares foram informados sobre o suposto autor do assassinato de Bruna, ser seu ex-companheiro, Gilberto Rodrigues do Nascimento, de 33 anos. A Perícia Técnica compareceu ao local e o corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Coxim.

Em seguida, a guarnição se deslocou para uma academia de Muay Thai, que fica na Avenida Barão do Rio Branco, região central da cidade. No local, de acordo com o registro policial, Gilberto teria entrado na academia atirando contra o professor Flavio Faed Oliveira da Silva, de 33 anos. Ambos entraram em luta corporal, mas o autor conseguiu escabar e saiu levando o revólver.

Gilberto retornou minutos depois, atirando novamente. Mas não conseguiu executar Flávio. Após sair correndo para a área externa do estabelecimento, o autor pegou uma motocicleta Titan de cor verda e fugiu tomando rumo ignorado. Com o atentado, Flavio acabou levando um tiro no ombro esquerdo.

Conforme o site Edição MS, Bruna trabalhava em um consultório odontológico e deixa uma filha. Informações preliminares dão conta de que ela e o marido estavam em processo de separação, mas ele não aceitava o fim do relacionamento e o crime teria ocorrido em razão do triângulo amoroso. A polícia de Rio Verde está mobilizada para encontrar o suspeito e segue investigando o caso.