Menu
quinta, 01 de outubro de 2020
Polícia

Mulher é presa após matar a filha de cinco meses afogada em piscina

Após perícia e reprodução simulada, os agentes constataram que Aline jogou Isabela na piscina e inventou a versão da queda para não ser presa

29 março 2019 - 09h50Por Da redação/Meia Hora

Agentes da Delegacia de Homicídios (DH) da Capital prenderam em flagrante, nesta quinta-feira, Aline Barbosa da Silva, 40 anos, por matar a própria filha afogada em uma piscina, em Olaria, Zona Norte do Rio. Segundo a delegada Cristiane Carvalho, Isabela Barbosa Paiva de Almeida, cinco meses, foi arremessada pela mulher na piscina da casa onde viviam.

Ela alegou aos policiais que passou mal, desmaiou e, quando acordou, se deu conta que a criança teria caído e se afogado. Após perícia e reprodução simulada, os agentes constataram que Aline jogou Isabela na piscina e inventou a versão da queda para não ser presa.

Ainda conforme a delegada, a mulher será indiciada pelo crime de filicídio e pode pegar 30 anos de prisão. "Foi homicídio qualificado, sem possibilidade de defesa da vítima", disse Cristiane. Ainda não há informações sobre a data e local de enterro da criança.

Leia Também

Primeira quinzena de outubro será de ‘fritar ovo’ no asfalto, com temperaturas de 41°C
Cidade Morena
Primeira quinzena de outubro será de ‘fritar ovo’ no asfalto, com temperaturas de 41°C
Homem assassinado ao lado da namorada em Ponta Porã é identificado
Interior
Homem assassinado ao lado da namorada em Ponta Porã é identificado
Menino negocia casa por parcelas de R$ 50, mobiliza web e vaquinha arrecada mais de R$ 160 mil
Algo mais
Menino negocia casa por parcelas de R$ 50, mobiliza web e vaquinha arrecada mais de R$ 160 mil
Nove fugitivos do sistema penal são recapturados em Ladário e Corumbá
Polícia
Nove fugitivos do sistema penal são recapturados em Ladário e Corumbá