Menu
terça, 07 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CAMARA - vacinaçao
Polícia

Marquinhos adota apoio crítico a Bolsonaro: 'não se combate o mal com o mal'

Mesmo declarando apoio ao candidato, o prefeito diz não concordar com o lema de 'bandido bom é bandido morto'

23 outubro 2018 - 10h51Por Anna Gomes

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), alega que mesmo declarando apoio a Jair Bolsonaro (PSL), ele não concorda com 'alguns pensamentos' do candidato à Presidência da República.

Durante a solenidade sobre a mudança de nome da Guarda Municipal para Polícia Municipal, que aconteceu na manhã de hoje (23), o Chefe do Executivo diz que todo mundo é ser humano, inclusive os bandidos.

"Estamos deixando mais de 500 policiais aptos a usarem armas de fogo. A gente espera que eles não precisem atirar contra ninguém, pois até um meliante é ser humano. Mas se a situação for necessária, eles vão atirar", disse o prefeito.

Na contramão do discurso de Jair Bolsonaro, de 'bandido bom é bandido morto', Marquinhos discorda e adianta que não concorda com tudo que o candidato diz.

"Acho que não podemos combater o mal com o mal, discordo do Bolsonaro nesse ponto de vista, mas concordo com outras opiniões dele. Acredito que o que está mais pesando para o brasileiro é a corrupção, por isso declarei meu apoio a Bolsonaro", finalizou.