Menu
segunda, 17 de maio de 2021
MS CRESCE PELA VIDA 14 a 18/05/2021
Polícia

Uma semana após enterrar filha com câncer, mãe perde o caçula assassinado em Campo Grande

Maria Auxiliadora enfrenta a dor: 'não sei de onde estou tirando forças'

11 abril 2021 - 13h30Por Willian Leite

Maria Auxiliadora Mendes Rodrigues, 64 anos, fala emocionada após ter perdido dois filhos em uma semana. Mãe de Cristiano Mendes Rodrigues, 30 anos, ela conta que em uma semana perdeu a filha mais velha, que enfrentava um câncer muito agressivo e, na noite de ontem (10), teve o filho mais novo assassinado em frente à casa onde mora na rua Jandiatuba, na Vila Margarida, em Campo Grande.

Filhos morreram em intervalo de cinco dias

Segundo Maria, o filho morava em duas peças construídas no mesmo quintal. Ela diz que ontem estava em casa ouviu um tiro ficou preocupada e perguntou ao filho Cristiano o que estava acontecendo e pediu para que o ele ficasse dentro de casa. “Ele e a namorada e o filho de 5 meses estavam dentro da casa dele e quando ouvi barulho de discussões e na sequência barulho de tiros” explica. 

A mãe diz ainda que o filho mais novo, após a discussão e o primeiro disparo, ficou em frente a casa onde eles moram. “Ainda pedi pra ele ficar dentro de casa, mas infelizmente eles voltaram em uma moto e atiraram duas vezes contra ele”, conta. 

Há uma semana Maria Auxiliadora enterrava a filha mais velha, Alessandra Mendes, 37 anos, que lutava contra um câncer no seio há mais de seis anos. “Não sei de onde estou tirando forças. Acabei de enterrar minha filha que sofreu tanto e agora essa tragédia com meu filho”, emocionada relata a mãe de Cristiano. 

Alessandra deixou um filho de 12 anos que mora com a avó Maria Auxiliadora e Cristiano deixou um bebê de cinco meses. “Agora preciso ser forte, pois tenho dois netos que precisam de mim e não posso deixar de cuida-los”, finalizou. 

No local Maria é amparada por amigos e o filho do meio que ficou sem os dois irmãos. O caso foi registrado como homicídio e a polícia segue investigando. 
Rua Jandiatuba. Local onde crime aconteceu.