tce janeiro
CNH - MOTO
Menu
sexta, 28 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Polícia

Olarte permanece calado e vai dormir sozinho em cela de 24 m²

02 outubro 2015 - 08h41Por Rodson Willyams e Dany Nascimento

O prefeito afastado Gilmar Olarte deixou a sede da 3ª Delegacia de Polícia Civil, localizada no Bairro Carandá Bosque, em Campo Grande e segue neste momento para o Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) para fazer o exame de corpo de delito. Logo depois ele deve retornar ao 3º DP, onde vai cumprir a prisão temporária.

Segundo o delegado titular da 3ª DP, Fabiano Nagata, o prefeito afastado chegou a delegacia por volta das 5h15 de hoje, acompanhado do advogado Jail Azambuja. Olarte se manteve calado e ocupa uma das duas celas da delegacia. Ele é investigado por suposto esquema de compra de votos na Câmara Municipal de Campo Grande.

Nagata disse que até o momento não fez questionamentos a Olarte e afirmou que aguarda os agentes do Gaeco, que devem proceder com o interrogatório.

A cela que o pastor vai ocupar tem quatro por seis metros, sendo um tamanho 'normal', equipado com dois beliches e um banheiro. "Até o momento ele é o único que está preso na delegacia, e deverá ficar sozinho na cela", comentou delegado.

Olarte ficará no local quatro dos cinco dias referentes à prisão temporária, decretada no último dia 30 de setembro pelo desembargador Luiz Cláudio Bonassini, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. A prisão foi motivada porque Olarte, junto com João Amorim, teriam tentado interferir nas investigações realizadas pelo Gaeco.