TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sexta, 01 de julho de 2022 Campo Grande/MS
Polícia

Omertá II: funcionário entrega Jerson Domingos e diz que chefe levou armas para estância

Duas armas e uma motocicleta com placas adulteradas foram apreendidas

18 março 2020 - 13h10Por Dany Nascimento e Willian Leite

Marcos Felipe Fonseca da Silva, 33 anos, foi preso durante a segunda fase da Operação Omertá, em uma estância, no município de Rio Verde. De acordo com o Boletim de Ocorrência, ele confirmou que é funcionário do Conselheiro do TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado), Jerson Domingos e disse que todas as armas apreendidas na estância pertencem ao patrão.

Os policiais do Batalhão de Choque e do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) apreenderam um revólver calibre .38, uma espingarda calibre .22, escondidos embaixo do colchão do quarto. Nenhuma das armas tem registro.

Além disso, os policiais também encontraram uma motocicleta Honda Fan, com sinais adulterados. O funcionário disse que Jerson pagou R$ 2 mil no veículo e pediu para que os funcionários utilizassem a motocicleta apenas na zona rural.

Ele foi encaminhado para o Garras (Grupo Armado de Repressão a Assaltos e Sequestro) e passa por audiência de custódia na manhã desta quarta-feira (18), no Fórum de Campo Grande.