TCE MAIO
TJMS MAIO
Menu
quinta, 26 de maio de 2022 Campo Grande/MS
TOP MIDIA INSTITUCIONAL SUPER BANNER
Polícia

Padrasto diz estar arrependido de agredir enteado com barra de concreto

Rapaz saiu do hospital na manhã de hoje

23 outubro 2018 - 14h04Por Dourados News

Dirceu Batista de Souza, 53 anos, acusado de bater no enteado com uma barra de concreto diz estar arrependido de ter cometido o atentado. Apesar disso, diz que a vítima, Victor Matheus Marques Holanda, 18 anos, também errou ao chama-lo de ‘Jack’, termo usado para classificar presos acusados de estupro. 

Detido no 1º Distrito Policial e ainda embriagado, o homem confirmou ter bebido com o rapaz e outros amigos. 

“Ele me chamou de ‘Jack’, aí falei, vou matar esse guri. Peguei a barra de concreto e dei na cabeça dele. Corri pra rodoviária e fui preso”, disse Dirceu ao Dourados News. O jovem deixou o Hospital da Vida na manhã desta terça.

O desentendimento ocorreu durante bebedeira num lava-rápido desativado localizado na rua Alberto Maxwell, na Vila Maxwell, na madrugada desta terça-feira (23).

Victor, preso no sábado por furto, o padrasto e outras pessoas bebiam no local quando ocorreu a discussão. 

Após o golpe, Dirceu tentou fugir do local, porém foi preso em seguida e encaminhado ao 1º Distrito Policial de Dourados. Lá, acabou autuado em flagrante pela tentativa de homicídio.