TCE MAIO
TJMS MAIO
Menu
segunda, 23 de maio de 2022 Campo Grande/MS
TOP MIDIA INSTITUCIONAL SUPER BANNER
Polícia

Padrasto é detido suspeito de morte de criança

Suspeito alegou para a polícia que a criança caiu em casa. Mãe tinha saído para comprar leite

06 novembro 2018 - 09h52Por Da redação / G1

A polícia militar foi acionada nesta segunda-feira (5) para um susposto caso de violência contra a criança em Rio Largo, região metropolitana de Maceió. Um menino de três anos, levado pelo padrastro para o Hospital Ib Gatto Falcão, morreu no hospital.

A supervisora do 8º Batalhão de Polícia Militar (8º BPM) contou que o padrastro de 30 anos chegou ao hospital dizendo que o enteado havia caído em casa.

Em nota, o Hospital Ib Gatto informou que a criança deu entrada no hospital ainda com vida, mas que apesar dos esforços da equipe, não resistiu.

O homem, que tem passagem pela polícia, por homicídio, está no hospital sob a guarda da PM até que o representante da Delegacia de Homícidios chegue ao local e decida se ele será conduzido à delegacia.

De acordo com a polícia militar, a mãe, uma grávida de alto risco, passou mal ao saber sobre a morte do filho. A mulher contou para os policiais que havia saído de casa para comprar leite.

Os institutos de Medicina Legal (IML) e de Criminalística (IC) e a Delegacia de Homicídios foram acionados para a ocorrência.

O corpo do menino foi levado para o IML em Maceió.

Nota na íntegra do Hospital Ib Gatto Falcão

Um menino de três anos foi atendido no Hospital Ib Gatto Falcão com relato de queda e, apesar dos esforços da equipe médica, foi a óbito. O corpo foi encaminhado ao necrotério onde deve permanecer a disposição da família. O hospital lamenta o falecimento do paciente.