Menu
domingo, 28 de fevereiro de 2021
Polícia

Pai de criança morta pela mãe ficou desesperado com mensagens de ameaça

Mulher enviou mensagens como se fosse fazer algo para que o ex-marido nunca mais voltasse a ver a filha

18 janeiro 2021 - 13h00Por Nathalia Pelzl

Lisa Aquino, 39 anos, que cometeu suicídio, neste domingo (17), após enforcar a filha de 3 anos até a morte, em Yaguarón, cidade do Paraguai, enviou mensagens ameaçadoras ao ex-marido. 

Segundo divulgado pela polícia, o celular da mulher foi encontrado no quarto ao lado dos corpos. 

Nele foram encontradas mensagens enviadas pela mulher ao ex-marido, onde ela demonstrava que ia fazer algo para que ele nunca mais voltasse a ver a filha. 

Ainda nas mensagens, o pai da criança implorava para que ela não fizesse nada e pedia para que ela levasse a criança para a casa da mãe dele. 

De acordo com o relato dos investigadores, a mulher estava com quadro depressivo agudo após a separação. 

Ainda segundo apurado, a mulher teria outros dois filhos adolescentes em decorrência de um relacionamento anterior, segundo seus parentes. 

Uma carta escrita à mão pela mulher foi encontrada no local da tragédia. O conteúdo da nota não foi divulgado.