Menu
terça, 18 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Polícia

Pai reconhece homem encontrado morto com tiro na cabeça no Jardim Monte Alegre

16 novembro 2015 - 13h07Por Mariana Anunciação

O homem encontrado morto com um tiro na cabeça no início da manhã deste sábado (14), na rua Haroldo Rondon, no Jardim Monte Alegre, foi identificado pelo pai e irmão. A família foi até o Imol (Instituto de Medicina Odontológica Legal), às 20h do mesmo dia do crime, para fazer o reconhecimento do corpo de Marcos Roberto dos Santos e Santos, 38 anos.

Em seguida, eles compareceram na delegacia  para identificação legal da vítima fatal e recebimento da requisição de exame necroscópico. Consta no registro policial, que os parentes não têm dúvidas sobre o óbito e foi possível notar semelhanças entre as fotografias das redes socias e do aparelho celular dos parentes com as dos registros policiais. Apesar de não apresentarem documentos de Marcos, o reconhecimento foi verbal.

A perícia técnica acredita que ele foi morto durante a madrugada de sábado, devido à rigidez cadavérica. A vítima fatal foi encontrada com um disparo de arma de fogo acima do lado direito da orelha, ficando a bala alojada na cabeça. Marcos também teve leve queimadura na região, indicando que o disparo foi próximo.

Na tentativa de encontrar algum suspeito, a polícia chegou a fazer diligências nas redondezas, inclusive em residências, mas ninguém foi detido. A 5ª DP segue investigando o caso, que foi registrado como homicídio simples.

Ainda não foi definida a linha de investigação oficial, já que a princípio, os moradores pensaram que Marcos seria outro indivíduo envolvido com tráfico de drogas. Também surgiu a hipótese de latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte, porque o corpo foi encontrado com uma chave de motocicleta e a grande quantidade de sangue é um indício que o crime teria ocorrido na região.