Menu
Busca sexta, 15 de novembro de 2019
Polícia

Pintor que matou homem com tiro na cabeça fala que estava sob efeito de álcool

Ele estava acompanhado de um amigo no momento do crime e ambos tiveram a prisão determinada pela Justiça

09 setembro 2019 - 12h46Por Nathalia Pelzl

Responsáveis por matar Alziro Rodrigues Garcia Weis, de 30 anos, atingido com um tiro na cabeça, no Jardim Talismã, tiveram a prisão em flagrante convertida em preventiva, durante audiência de custódia, na manhã desta segunda-feira (9), no Fórum de Campo Grande.

O serralheiro Willian Cesar Garcia de Moraes, 41 anos, e o pintor Vagner Barbosa da Silva, de 40 anos, não deram muitos detalhes durante o depoimento. Entretanto,  apenas relataram que estavam sob efeito de álcool quando o crime aconteceu.

O alvo seria um sobrinho de Vagner, de 21 anos, responsável por possíveis agressões a esposa. Ele conseguiu fugir, após a arma falhar duas vezes.

A dupla então disparou mais vezes, e o tiro atingiu a cabeça da vítima, que chegou ser socorrida, mas morreu durante a madrugada de ontem (8), na Santa Casa da Capital.