Menu
quarta, 23 de setembro de 2020
Polícia

PM carioca poderá registrar ocorrências de crime de menor potencial ofensivo

Região da Ilha do Governador foi escolhida para dar início ao projeto-piloto, além de ter um batalhão de polícia e uma delegacia

11 junho 2019 - 08h52Por Da redação/O Dia

O governador Wilson Witzel participou, nesta segunda-feira, do lançamento do Sistema de Ocorrência Virtual (SOVi), no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). A ferramenta, que integra as polícias Militar e Civil, pretende agilizar os registros de ocorrências de crimes de menor potencial ofensivo. Por meio do SOVi, o policial militar vai preencher a ocorrência em uma plataforma digital no local do fato e transmitir o formulário para a delegacia da área, onde o delegado formalizará o registro.

"Este avanço é fundamental para que tenhamos mais policiais militares nas ruas. Até o final do nosso governo, vamos recompor as polícias Militar e Civil. Eu acredito que, através das mudanças que estamos fazendo, até 2022, a liberdade de ir e vir estará novamente devolvida à população", disse o governador. A região da Ilha do Governador foi escolhida para dar início ao projeto-piloto por ter uma área limitada pela Baía de Guanabara, além de ter um batalhão de polícia e uma delegacia.

"O Sistema de Ocorrência Virtual vai atender aos crimes de menor potencial ofensivo, como briga de vizinhos, injúria, difamação e os pequenos delitos do dia a dia. Não será mais necessário o deslocamento do local da ocorrência até uma delegacia, onde o cidadão tem que aguardar para registrar aquele pequeno delito. A partir de agora, a ocorrência será registrada pelo policial militar no mesmo local do fato. Pelo sistema, o delegado vai validar aquele registro feito pelo PM. Imediatamente, tanto as pessoas envolvidas quanto o policial militar vão receber por e-mail uma cópia daquele registro. O policial estará liberado mais rapidamente para continuar o policiamento ostensivo", explicou o porta-voz da Polícia Militar, coronel Mauro Fliess.

PMs treinados

De acordo com a Polícia Militar, os agentes passaram por um treinamento durante três meses na Academia de Polícia Sylvio Terra (Acadepol).

"Nossos PMs passaram por um treinamento intenso ministrado pela Polícia Civil. Este é um projeto-piloto, que está iniciando agora. Vamos aferir a viabilidade, mas o planejamento está perfeito. É um anseio da sociedade e dos órgãos de polícia, pois vai reduzir o tempo de empenho do policial militar em uma ocorrência de menor potencial ofensivo", afirmou o porta-voz da PM.

Leia Também

Comissão do Pantanal confirma visita a Corumbá
Geral
Comissão do Pantanal confirma visita a Corumbá
Desemprego na pandemia tem alta de 27,6% em quatro meses, aponta IBGE
Geral
Desemprego na pandemia tem alta de 27,6% em quatro meses, aponta IBGE
PRF apreende 417 Kg de maconha e recupera veículo em Guia Lopes da Laguna
Polícia
PRF apreende 417 Kg de maconha e recupera veículo em Guia Lopes da Laguna
MS já passa dos 65 mil casos confirmados do coronavírus
CORONAVÍRUS
MS já passa dos 65 mil casos confirmados do coronavírus