(67) 99826-0686

PM inicia 'Operação 181' com objetivo de combater o tráfico na Capital

Combate às drogas

12 FEV 2014
Anna Gomes
15h30min
(Foto: Reprodução/Polícia Militar)

A Polícia Militar iniciou na madrugada de hoje (12), a Operação 181 de combate ao tráfico de drogas. A ação tem como objetivo combater as pequenas bocas de fumo. Essas bocas que comercializam pequenas quantidades de entorpecente. A polícia acredita que dessa forma podem diminuir outras modalidades criminais que geram insegurança e medo na comunidade, como homicídios, roubos e furtos.

 

A Operação foi dividida em três fases. Na primeira, a ACI ( Agência Central de Inteligência), fez levantamentos de pontos de vendas de drogas em diversas regiões da cidade, por meio de denúncias anônimas.

 

A segunda fase que se iniciou hoje às 4h da manhã, Foram expedidos 29 mandados, sendo 9 de prisão, dos quais três foram cumpridos e 20 de busca e apreensão, dos quais 8 foram cumpridos. Durante as buscas, 8 pessoas foram presas em flagrante, totalizando 11 prisões.

 

“O foco da operação é o fechamento de pontos de vendas de drogas, identificados graças a denúncias anônimas no Narcodenúncia 181. O fechamento dessas bocas de fumo influencia diretamente na prática de outros delitos, como roubos e furtos, que é o meio utilizado por muitos usuários de drogas no intuito de conseguir dinheiro para manter o vício” disse o comandante-geral da PM, Coronel Carlos Alberto David dos Santos.

 

A terceira fase da Operação trata-se da saturação de algumas áreas da cidade. Nesta fase, que se iniciou também pela manhã, às 8h, 170 policiais militares reforçam o policiamento ostensivo no Jardim Nha Nha, Bairro Zé Pereira, Bairro Santa Emília, Bairro São Conrado, Bairro Nova Lima, Jardim Imperial e Bairro Estrela do Sul, fazendo abordagens a pessoas, veículos e checando estabelecimentos, como bares e conveniências.

 

“Empenhamos um grande esforço nesta operação porque o tráfico de drogas causa um mal sem precedentes para nossa sociedade, não só por cooptar nossos jovens para a criminalidade, como por geral uma forte sensação de insegurança nas pessoas", conclui o Coronel David.

 

Os trabalhos que resultaram na operação foram desenvolvidos nos últimos três meses e, após a operação, ações complementares serão feitas por tempo indeterminado nas regiões onde atuavam os traficantes presos.

 

A operação leva o nome de 181 em alusão ao número disponibilizado pela polícia para que a população denuncie os casos de tráfico de drogas.

Veja também