Menu
sábado, 08 de agosto de 2020
Linha de frente - compet
Polícia

PM inicia operação ostensiva contra violência a partir desta sexta no Los Angeles

Operação

31 outubro 2013 - 10h28Por Ana Rita Chagas

Para inibir as ações violentas ocorridas nos bairros da Capital,  um efetivo de policiais militares inicia nesta sexta-feira (1º), véspera de feriado,  uma ação ostensiva para desarticular práticas criminosas  contra a população.


Segundo o comandante da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul Coronel David, o  Los Angeles  será o primeiro bairro a receber a ofensiva militar. " A inteligência da Policia Militar já verificou  que algumas regiões  da Capital precisam ter mais a presença de policiais. A polícia militar se fará presente de forma rigorosa no Los Angeles   e em outros bairros da Capital também,"  informou coronel David  em entrevista para o Programa Tribuna Livre nesta quinta-feira (31). 

De acordo com o presidente do Conselho de Policia Militar  e Bombeiros  Militares do Brasil,  o trabalho da polícia tem de ser feito em conjunto com a comunidade local de cada bairro da cidade. " A comunidade também é responsável pela segurança pública, quando ajuda  a polícia com informações, ações e planos de ação", acrescenta.  
 

Região central - Segundo coronel David , as ações que iniciam, agora, nas periferias da cidade, se estenderão para a região central de Campo Grande. "O  policiamento  que será feito no fim de ano na região central será a partir do resultado das ações desencadeadas nos bairros . A Polícia Militar tem de ir para as ruas para dar segurança para os cidadãos".  

 

Homicídios -  Quanto aos casos de homicídios que estamparam  as páginas policiais, nas últimas semanas, o comandante da PM afirmou que os crimes fugiram do controle da corporação. " Os crimes que aconteceram  têm diversas causas que fogem do policiamento preventivo.  A gente percebe que foram jovens envolvidos com tráfico de drogas.Tivemos desentendimentos familiares um ex-marido  executando a esposa e logo depois se suicidando, tivemos também um  ex-marido tentando  matar a esposa e o cunhado veio e matou. Isso são questões  que infelizmente fogem  da presença ostensiva da Polícia Militar",  explica.
 

O coronel  acredita que com a implantação de um efetivo ostensivo nas ruas será possível inibir a criminalidade. " A ordem que nos foi dada pelo governado André Puccinelli  é para que  a Polícia Militar esteja nas ruas para darmos segurança para o cidadão",  completou.

 

Leia Também

VÍDEO: após vencer a covid-19 radialista comenta sobre tratamento e protocolos
Cidade Morena
VÍDEO: após vencer a covid-19 radialista comenta sobre tratamento e protocolos
Dupla sertaneja de MS participa do Caldeirão do Huck e ganha presentes
Geral
Dupla sertaneja de MS participa do Caldeirão do Huck e ganha presentes
Através de produção de máscaras, vítimas de violência doméstica tem chance de recomeço
Cidade Morena
Através de produção de máscaras, vítimas de violência doméstica tem chance de recomeço
'Nem com dança da chuva': previsão diz que vai cair água em MS só depois do dia 15
Geral
'Nem com dança da chuva': previsão diz que vai cair água em MS só depois do dia 15