(67) 99826-0686
Origem - entregas

Polícia apresenta autor de chacina do Santa Luzia

Crime

20 DEZ 2013
Carlos Guessy e Willian Leite
15h13min
Ex-policial, com extensa ficha criminal, executou chacina para vingar briga em buteco. Foto: GGomes

Um dos autores do triplo homicídio que aconteceu na noite de 18 de novembro, na Vila Santa Luzia foi apresentado nesta tarde de sexta-feira (20), na Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos (DERF).

Claúdio José Andrade dos Santos, 55 anos, ex policial militar, expulso da corporação em 2010 é um dos autores do crime que chocou Campo Grande no mês passado.

Segundo o delegado que cuidou das investigações, Fábio Peró, o autor do crime tem várias passagens pela polícia, entre elas uma tentativa de homicídio contra um policial rodoviário federal, além de tráfico de drogas.

O carro utilizado na noite do crime era um palio, placas ATQ 1375 de Maringa. Conforme o delegado é um carro roubado. Cláudio foi preso em casa, no bairro Danúbio Azul.

"Ele vai ser acusado por dois crimes. O primeiro homicídio qualificado por motivo fútil e o segundo por dificultar a defesa da vítima", disse Peró.

A polícia só chegou ao carro ao chegar primeiro, também por meio de imagens, a um outro veículo, que era de uma testemunha dos assassinatos. Ela contou que o Palio tinha participado das execuções.

Para despistar os policiais, Cláudio viajou para São Paulo e revendeu o carro ao mesmo comprador. Os policiais ficaram de campana por três dias no Danúbio Azul, onde o ex-policial residia atualmente e o prenderam no dia 12 deste mês, após o seu retorno de São Paulo.

A polícia estima que Cláudio José Andrade dos Santos, pegue 20 anos de prisão por cada vítima, ou seja 60 anos de reclusão. O caso ainda não foi concluído e as investigações continuam.

Relembre o caso

Edgard José Duarte, de 38 anos; Maurício Martins da Silva, 31 e João Carlos Duarte, 26, foram assassinados na rua São Benedito, no Bairro Santa Luzia em um caso tratado como latrocínio que é o roubo seguido de morte.

Segundo informações contidas no Boletim de Ocorrências, João estava tomando tereré em frente da casa de Edgar, em companhia de uma mulher, quando um homem armado se aproximou e pediu que fossem entregues o celular e a corrente.

Edgar que estava saindo da residência viu o assalto e juntamente com João tentaram desarmar o ladrão mas ambos foram atingidos por vários tiros.

Maurício que estava passando pelo local tentou ajudar os dois primeiros e também foi alvejado com dois tiros na cabeça.

Ex-policial, com extensa ficha criminal, executou chacina para vingar briga em buteco. Foto: GGomes
Ex-policial, com extensa ficha criminal, executou chacina para vingar briga em buteco. Foto: GGomes
Ex-policial, com extensa ficha criminal, executou chacina para vingar briga em buteco. Foto: GGomesDelegado diz que assassino confesso poderá ser condenado a 60 anos de prisão. Foto: GGomes

Veja também