Menu
domingo, 27 de setembro de 2020
Polícia

Polícia continua com oitivas e levanta novas provas do assassinato de Karolzinha

A suspeita de cometer o crime continua em liberdade

15 setembro 2020 - 15h00Por Dany Nascimento

A Polícia Civil continua realizando oitivas no caso da morte de Carolina Leandro Souto, 23 anos, no Aero Rancho, em Campo Grande. Ela foi morta a tiros, enquanto estava na frente da casa da mãe, no dia 31 de agosto.

De acordo com o delegado Gustavo Bueno, da 5ª Delegacia de Polícia Civil, novas testemunhas do caso estão sendo ouvidas. “A polícia está levantando novas provas”, disse o delegado.

A suspeita de matar a jovem, Nayara Francine Nóbrega dos Santos, 22 anos, se entregou no dia 3 de setembro. Ela foi ouvida e liberada. Durante depoimento, Nayara disse que, após brigar com uma amiga de Carolina, começou a ser ameaçada.

Carolina teria ‘tomado as dores’ da amiga e começou a fazer ameaças. “Ela alega que estava sendo ameaçada. Agora vamos trabalhar nesse cruzamento de informações para saber se procede essa desavença ou se é uma retórica para se esquivar da responsabilidade penal. A Nayara foi indiciada formalmente”, explica Bueno.

Segundo o delegado, a polícia vai investigar se Nayara agiu sozinha ou se recebeu suporte de outra pessoa. “Vamos investigar esses detalhes, se ela foi com intenção, ainda vamos investigar. Ao que tudo indica, houve sim um fato anterior que potencializou, o que pode ter caminhado para a premeditação”.

Sobre a morte ter relação com uma guerra entre facções, o delegado afirma que não existe isso nos autos. “Tem fatos com motivo de pequena relevância. Dentro do trabalho, tem futilidade na motivação do crime. Homicídio qualificado por motivo fútil e emboscada”.

Leia Também

Fazenda em Corumbá virá refúgio de onças feridas do Pantanal
Cidades
Fazenda em Corumbá virá refúgio de onças feridas do Pantanal
Cantora Joelma revela que está tratando sequelas da covid-19
CORONAVÍRUS
Cantora Joelma revela que está tratando sequelas da covid-19
Comerciante morre em acidente após bater carro em árvore na MS-276
Interior
Comerciante morre em acidente após bater carro em árvore na MS-276
Juíza derruba Trutis e coloca Siqueira como candidato
Política
Juíza derruba Trutis e coloca Siqueira como candidato