Menu
segunda, 30 de novembro de 2020
Polícia

Polícia faz alerta para golpe do falso boleto em Campo Grande

Entenda o golpe e as orientações da polícia

20 novembro 2020 - 12h35Por Diana Christie e Willian Leite

A internet facilita a vida e tem sido cada dia mais usada para a realização de serviços, especialmente após o início da pandemia do novo coronavírus. No entanto, bandidos têm se aproveitado desse aumento da demanda para aplicar golpes cada vez mais elaborados, que podem enganar até o mais experiente dos internautas.

Vendo a crescente de vítimas em Mato Grosso do Sul, a 6ª DP (Delegacia de Polícia) de Campo Grande decidiu fazer um alerta sobre golpe que já fez mais de 300 vítimas entre janeiro e outubro deste ano. Para comparação, foram 299 casos durante o ano inteiro de 2019.

Segundo o delegado Jeferson Rosa Dias, as vítimas são pessoas que fizeram financiamentos de veículo e, por algum motivo, precisaram imprimir a segunda via do boleto. Estas pessoas, após tentar contato com a financeira por telefone sem obter sucesso, pesquisam o site da financeira na internet e a primeira opção que aparece é a do estelionatário, que se faz passar pela financeira.

Ao entrar no site, a vítima é direcionada para uma conversa no aplicativo WhatsApp e é atendida por um dos estelionatários, que se passam por atendentes das financeiras. É solicitado o nome, o CPF, número do contrato, quantidade de parcelas do financiamento, quantidade de parcelas já pagas e o valor das parcelas.

Com estas informações, o estelionatário encaminha um boleto idêntico ao da financeira, contendo o número do CNPJ e os dados repassados pela pessoa. "O problema está no campo Beneficiário Final, onde é colocado ou o nome de uma pessoa física ou o número de uma conta bancária, ou seja, este será o verdadeiro recebedor do valor pago pela vítima", explica Rosa Dias.

De acordo com o delegado, as vítimas só percebem o golpe dias depois, quando a financeira entra em contato pela parcela em aberto, que teoricamente já teria sido paga. "Estamos fazendo este alerta para evitar a ocorrência de um número maior de vítimas. Pedimos para as pessoas que ao fazerem contato com as financeiras, que observem se realmente estão no site oficial e se no campo de beneficiário final consta o nome da financeira ou CNPJ, para só depois de ter certeza de tudo isso, fazer o pagamento", alerta.

Para finalizar, o delegado orienta que em caso de dúvidas, a pessoa deve procurar loja física da financeira, para verificar se o boleto que lhe foi passado é mesmo verdadeiro.

Leia Também

Adolescente de 17 anos morre em batida entre motos em assentamento de Nova Andradina
Interior
Adolescente de 17 anos morre em batida entre motos em assentamento de Nova Andradina
Sebastião Melo vence comunista Manuela D’ávila em Porto Alegre
Geral
Sebastião Melo vence comunista Manuela D’ávila em Porto Alegre
Bruno Covas derrota Guilherme Boulos com diferença de quase 20% em SP
Geral
Bruno Covas derrota Guilherme Boulos com diferença de quase 20% em SP
Disputa pela presidência da Câmara de Campo Grande já tem três nomes
Política
Disputa pela presidência da Câmara de Campo Grande já tem três nomes