tCE COVID 19 18 A 16/05
Menu
Busca segunda, 25 de maio de 2020
camara municipal
Polícia

Polícia investiga se idosa indígena morreu em razão de maus-tratos

Vítima estava com a filha em São Gabriel D'Oeste e faleceu em Campo Grande

15 janeiro 2020 - 19h36Por Thiago de Souza

Polícia Civil em Campo Grande investiga a morte da idosa Natalea Sebastião, 83 anos, ocorrida nesta terça-feira (14), na Santa Casa, em Campo Grande. Há suspeitas de que a vítima tenha sofrido maus-tratos no interior do estado.

Conforme o O Pantaneiro, Natalea mora em uma aldeia indígena em Aquidauana e no dia 20 de dezembro viajou para São Gabriel D'Oeste junto com uma das filhas. No dia 12 deste mês, a vítima teria sentido febre, foi medicada e melhorou.

Ainda segundo o site, no dia seguinte, Natalea acordou e foi tomar banho, quando a filha notou bolhas nos pés e nas pernas. A idosa foi levada para o Hospital Municipal Valdir Antunes de Oliveira, em São Gabriel, com suspeitas de maus-tratos. Na sequência o estado de saúde piorou com febre, insuficiência respiratória e bolhas nos pés e pernas.

Depois dos primeiros atendimentos, a indígena foi levada para a Santa Casa em Campo Grande, onde deu entrada já inconsciente. Na sequência ela teve parada cardiorrespirtória, passou por reanimação cardiopulmonar, mas morreu.

O caso foi registrado na Depac Centro, em Campo Grande, como morte a esclarecer. Como o óbito se deu na Capital, é a polícia da cidade que investiga a morte. 

 

Leia Também

Associação de militares entrega máscaras para Bombeiros enfrentarem a covid-19
Cidade Morena
Associação de militares entrega máscaras para Bombeiros enfrentarem a covid-19
Prefeitura dá início ao 1º trecho de drenagem no Nova Lima
Cidade Morena
Prefeitura dá início ao 1º trecho de drenagem no Nova Lima
Bolsonaro divulga nota sobre vídeo 'proibidão' e acredita que inquérito será arquivado
Geral
Bolsonaro divulga nota sobre vídeo 'proibidão' e acredita que inquérito será arquivado
Deputados de MS dizem que vídeo de reunião ministerial é 'criminoso' e 'cheio de malucos'
Política
Deputados de MS dizem que vídeo de reunião ministerial é 'criminoso' e 'cheio de malucos'