Menu
sábado, 26 de setembro de 2020
Polícia

Investigação de esposa que matou piloto com tiro acidental é colocada em sigilo

A vítima foi morta após levar um tiro da esposa; mulher alega que disparo foi acidental

22 março 2019 - 09h30Por Anna Gomes

A polícia mantém sigilo nas investigações sobre o caso da morte do piloto Dairton Fernando Schuh, 34 anos, que morreu após ser atingido por um tiro disparado pela esposa, Mayara Fernanda Gomes Paiva, 30 anos. Ela chegou a ser presa, mas responde em liberdade após pagar uma fiança de R$ 499.

O fato aconteceu em janeiro deste ano, no Bairro Parque Residencial Rita Vieira, em Campo Grande. Mayara alega que atirou no marido acidentalmente. Conforme o delegado Tiago Macedo, da 4ª Delegacia de Polícia Civil, o inquérito não deve demorar para ser concluído.

“Ainda estamos em diligência e acredito que logo o inquérito deve ser concluído. Não teve nenhuma reviravolta  nas investigações sobre o caso, mas por envolver família, preferimos deixar em sigilo até o inquérito ser concluído”, destacou o delegado.

Morte do piloto

Mayara foi presa em flagrante e foi liberada horas após o acidente ocorrido na garagem da casa da família. Ao ser conduzida para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, a mulher afirmou ao delegado que atirou sem querer no marido.

Ela disse que Dairton a pediu para retirar a arma do veículo, que estava na garagem. Ao pegar o objeto, o revólver calibre 38 acionou o gatilho e um disparo acertou o esposo no abdômen.

O piloto foi encaminhado para a Santa Casa de Campo Grande em estado grave, mas não resistiu ao ferimento e morreu por volta das 2h30 do dia 13 de janeiro deste ano.

Leia Também

Primeiro castramóvel chega em janeiro e vai atender bairros mais vulneráveis em Campo Grande
Cidade Morena
Primeiro castramóvel chega em janeiro e vai atender bairros mais vulneráveis em Campo Grande
Em dois anos, MS ganha 54 mil eleitores e mulheres definem eleição
Cidade Morena
Em dois anos, MS ganha 54 mil eleitores e mulheres definem eleição
Bebê com atrofia muscular morre após campanha para importar remédio de cerca de R$ 11 milhões
Geral
Bebê com atrofia muscular morre após campanha para importar remédio de cerca de R$ 11 milhões
Ministro Alexandre de Moraes nega teste positivo para covid
Geral
Ministro Alexandre de Moraes nega teste positivo para covid