Menu
Busca sábado, 16 de novembro de 2019
Polícia

Polícia percorreu 300 endereços, mas assassino de ator e família continua foragido

Os policiais percorreram dez estados e dois países, mas Cupertino não foi localizado

09 novembro 2019 - 09h06Por Dany Nascimento

Após cinco meses, a polícia de São Paulo continua em busca de Paulo Cupertino, 48 anos, suspeito de matar o ator Rafael Miguel e os pais, João Alcisio Miguel, 52 anos, e Miriam Selma Miguel, 50 anos, no dia 9 de junho.

De acordo com o G1, os investigadores já percorreram mais de 300 endereços em busca do suspeito, mas não encontrou. A polícia busca informações em dez estados e dois países da América do Sul, a Argentina e o Paraguai, mas todos sem sucesso.

Ele matou os três porque não aceitava o romance da filha, Isabela Tibcherani Matias, 18 anos, com o ator Rafael. A mãe de Isabela também presenciou o crime. Cupertino estava dentro da casa onde morava com a família, quando Rafael chegou no local acompanhado dos pais. Ele sacou uma arma e assassinou a família com 13 disparos.

A justiça decretou a prisão temporária do empresário.