Menu
Busca domingo, 15 de dezembro de 2019
Polícia

Bandidos que roubaram carro e tocaram terror em posto são encaminhados para presídio

Eles tiveram a prisão temporária convertida em preventiva

12 julho 2019 - 09h35Por Dany Nascimento

Após serem ouvidos em audiência de custódia nesta sexta-feira (12), Higor Leonardo Santos Figueredo, 27 anos, e Luan Marques Ramos, 28 anos, tiveram a prisão preventiva decretada pelo Alexandre Tsuyoshi Itoe e foram encaminhados para o presídio de Campo Grande.  

Eles foram presos na tarde de ontem (11), após roubar um veículo Gol de cor branca de um casal e assaltar o escritório de um posto de combustíveis no bairro Pioneira, em Campo Grande. Conforme o registro policial, a dupla se conheceu na Gameleira, onde ambos cumprem pena por tráfico de drogas no regime semiaberto e decidiram praticar roubos na cidade.

Com um revólver calibre .32, a dupla rendeu um casal no bairro Aero Rancho, fazendo ameaças de morte. Eles conseguiram levar o carro do casal. “Perdeu, vou pegar seu carro só para eu sair daqui”, disse Luan para as vítimas.

Com o veículo, a dupla foi até um posto de combustível e rendeu funcionários no local. Dois policiais militares de folga, que não tiveram o nome divulgado, estavam nas proximidades e perceberam a ação dos bandidos. No momento em que Luan saiu do local, um dos policiais rendeu o bandido na porta do escritório.

Higor saiu correndo, foi perseguido pelo outro PM. Os dois foram presos em flagrante por roubo majorado pelo concurso de agentes e pelo emprego de arma de fogo. Em depoimento, Luan confessou que a dupla tinha intenção de realizar roubos pela cidade.

Sobre a arma, ele disse que achou em um matagal próximo da Gameleira.