Menu
terça, 11 de agosto de 2020
Polícia

Policiais prendem irmãos acusados de crime em Três Lagoas

Prisão

13 novembro 2013 - 07h43Por Da Redação

A Polícia Civil de Três Lagoas prendeu os irmãos Rúbia Celestino, 26 anos, e Washington Marinho Pereira, 34 anos,  que estão sendo acusados de matar a facadas e enxadadas, em julho, deste ano, no Bairro Oiti,  o porteiro Rudnei Teixeira Borge, de 27 anos.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações,  Thiago Passos, da 1ª Delegacia de Polícia Civil do município, o crime foi premeditado Rúbia por motivo de  vingança, já que no início de outubro de 2011, Rudnei que era namorado dela, após uma discussão ,tentou matá-la com quatro tiros, sendo que apenas um disparo atingiu a mulher na cabeça.

Com raiva do ex-namorado, Rúbia combinou com Washington, irmão dela,  de matarem Rudnei, que no dia do crime estava viajando para Ponta Porã (MS) e ao chegar em casa encontrou os acusados. Segundo o delegado, Washington efetuou quatro disparos contra a vítima e errou todos, foi quando Rúbia pegou uma faca e acertou quatro golpes em Rudnei que não morreu na hora.

De acordo com o delegado, a Polícia Civil chegou até os autores cruzando dados e o fato de Rudnei ter tentado matar Rúbia, colocou a mulher na lista de suspeitos, sendo as participações dela e do irmão confirmadas durante as investigações.

Washington foi preso em Selvíria (MS), na manhã de segunda-feira  (11), ainda de posse da espingarda utilizada para atirar na vítima. Rúbia foi presa em casa na tarde de segunda-feira. Ambos confessaram o crime. Além de responder por homicídio qualificado, Washington que foi preso em flagrante, responderá por posse irregular de arma de fogo. Após a prisão os dois foram encaminhados para presídios de Três Lagoas.

Leia Também

Com morte de idosa, vidas perdidas para a covid chegam a 65 em Corumbá
Cidades
Com morte de idosa, vidas perdidas para a covid chegam a 65 em Corumbá
Brasil volta a ter mais mortes pela covid e total chega a 103 mil
Geral
Brasil volta a ter mais mortes pela covid e total chega a 103 mil
Mulher de pastor diz que não estava em 'aniversário da covid' em Igreja no Campo Alto
Cidade Morena
Mulher de pastor diz que não estava em 'aniversário da covid' em Igreja no Campo Alto
Homem de 58 anos é achado morto em distrito de Dourados
Interior
Homem de 58 anos é achado morto em distrito de Dourados