Menu
Busca quarta, 03 de junho de 2020
GOV FEMINICIDIO
Polícia

Policial Civil mata ex-mulher com cinco tiros em estacionamento da Capital

Crime Passional

28 outubro 2013 - 17h30Por Carlos Guessy e Kerolyn Araújo

O policial civil Marlon Robin de Melo, 36 anos, matou a ex-mulher e funcionária da cantina da escola Mace, Márcia Holanda, 35,  com cinco tiros de pistola calibre 40.

Segundo testemunhas antes da tragédia, Melo foi em uma floricultura e mandou flores e um coração para a ex-esposa.

Conforme a Polícia, Márcia foi atingida com cinco disparos de arma de fogo, sendo um tiro na cabeça e quatro na altura do peito. Ele foi morto com um tiro na cabeça. O crime ocorreu no estacionamento localizado na esquina das ruas 13 de Maio e 26 de Agosto, no Centro de Campo Grande.

Melo estava com revólver calibre 38 na cintura, porém conforme a polícia, só foram encontradas as cápsulas de pistola 40 no local do crime.

Marlon Melo era policial civil e foi reabilitado pelo Conselho Superior da Polícia em 10 de julho deste ano. Por maioria, foi aprovada a sua reabilitação da pena de suspensão por 60 dias.
Marcia tinha uma moto e estava indo embora quando encontrou o ex-marido esperando por ela no estacionamento onde costumava deixar sua moto, enquanto trabalhava.

O casal tinha terminado há mais de um mês e só retornou após o policial civil se internar em uma clínica psiquiátrica. Após ele desistir do tratamento, Márcia rompeu novamente o casamento.

Não conformado com o fim do relacionamento, ele insistiu em reatar e sempre a perseguia, conforme relato de colegas de trabalho de Marcia.

Leia Também

LAGOA TORTA: cidadezinha do Centro-Oeste de MS entra no mapa do coronavírus
Saúde
LAGOA TORTA: cidadezinha do Centro-Oeste de MS entra no mapa do coronavírus
Dengue mata o dobro que a COVID em MS
Saúde
Dengue mata o dobro que a COVID em MS
Casos de dengue tiveram redução nos cinco primeiros meses do ano em Campo Grande
Cidade Morena
Casos de dengue tiveram redução nos cinco primeiros meses do ano em Campo Grande
'Vovô radical' é preso por dirigir bêbado e causar acidente
Interior
'Vovô radical' é preso por dirigir bêbado e causar acidente