TJMS dezembro
Menu
Busca terça, 10 de dezembro de 2019
Polícia

Policial que matou esposa e corretor aciona advogado e promete se entregar hoje

O advogado de defesa disse que ainda não conversou com o suspeito

08 outubro 2019 - 11h10Por Dany Nascimento

O advogado José Roberto da Rosa, que atua na defesa do policial militar ambiental Lúcio Roberto Queiroz Silva, acusado de matar a esposa e um corretor de imóveis em Paranaíba, disse que o suspeito vai se apresentar ainda hoje (8), na delegacia de Paranaíba.

“Eu estou indo para a cidade, chego lá por volta das 12 horas, vou à delegacia apresentar a procuração e ainda vou ouvir meu cliente. Até o final da tarde, ele vai se apresentar. Ainda não tenho conhecimento dos fatos através dele, preciso ouvir ele para saber como vamos atuar no caso”, disse o advogado.

O crime

Lúcio teria tomado conhecimento de que a esposa, Regianni Araújo, 32 anos, teria um caso extraconjugal com o corretor Fernando Enrique Freitas, 31 anos. Ele se deslocou até a casa do sogro de Fernando e matou a vítima a tiros.  Em seguida, ele foi para a casa onde morava com Regianni e matou a esposa na frente do filho.

Após matar os dois, Lúcio fugiu e é considerado foragido.