Menu
domingo, 20 de setembro de 2020
Polícia

Preso baleado na perna tentava pegar malote com 13 celulares

O objetivo era entregar os produtos no Raio II do presídio, onde ficam os internos com maior periculosidade

23 abril 2019 - 11h46Por Redação

O malote jogado para o interior da PED (Penitenciária Estadual de Dourados) continha 13 aparelhos de telefone celular com carregadores e nove fones de ouvido. O objetivo era entregar os produtos no Raio II do presídio, onde ficam os internos com maior periculosidade. 

O fato ocorreu na madrugada desta terça-feira (23) e terminou com o preso Casemiro Antunes Dauzacker, 40, conhecido como ‘miro’ ou ‘professor’, baleado na perna. 

Conforme apurado pelo Dourados News, ele, Jeferson Carneiro dos Santos, 27, o ‘pica-pau’, e outros dois internos estouraram o cadeado na cela 7 e se deslocaram até o pátio para pegar a encomenda jogada sobre o muro da PED por um homem. 

Casemiro e Jeferson se deslocaram até o local onde estava o malote, enquanto os outros dois ficaram no pátio. 

Policial militar em uma das torres presenciou o fato e fez disparo de alerta. Como não foi obedecido, acabou acertando a perna do interno. Os outros três presos acabaram retornando para a cela. 

Casemiro recebeu atendimento médico e posteriormente foi escoltado até o 2º Distrito Policial.

Em seu depoimento, negou a tentativa de pegar a 'encomenda' e disse que sua intenção era fugir. Logo em seguida, foi levado para exame de corpo de delito. 

 

Leia Também

Depois de anos, fome chega com mais intensidade em MS
Cidades
Depois de anos, fome chega com mais intensidade em MS
Prefeito em MS ameaça dar tiro em bolsonaristas
Polícia
Prefeito em MS ameaça dar tiro em bolsonaristas
Chuva pode dar as caras já neste sábado e no domingo em Campo Grande
Cidade Morena
Chuva pode dar as caras já neste sábado e no domingo em Campo Grande
Brasil tem 739 mortes pela covid-19 em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Geral
Brasil tem 739 mortes pela covid-19 em 24 horas, diz Ministério da Saúde