TJMS AGOSTO 2022
Expo VIP Beleza
Menu
segunda, 08 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
SENAI SUPER BANNER JULHO E AGOSTO 2022
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
Polícia

Investigados em operação contra pedofilia têm prisão preventiva decretada

Acusados passaram por audiência de custódia na manhã desta quinta-feira

19 maio 2022 - 11h40Por Antonio Bispo

Os dois homens, de 37 e 41 anos, presos nessa quarta-feira (18), em Campo Grande, durante a Operação Predador, e acusados de armazenarem conteúdos pornográficos com crianças e adolescentes, tiveram a prisão preventiva decretada nesta quinta-feira (19).

Após passarem por audiência de custódia, a Justiça determinou que a prisão em flagrante de ambos fosse convertida em preventiva.

Assim, deverão ser encaminhados para um presídio da Capital, onde permanecerão à disposição da Justiça durante o percurso do processo.

O caso

A "Operação Predador" foi deflagrada, na manhã desta quarta-feira (18), pela Polícia Civil contra exploração sexual infantil, em Campo Grande. A operação é nacional.

Diversos materiais de pornografia infantil foram apreendidos pelos policiais. A Polícia investigava os suspeitos há seis meses e, na casa de um deles, foram apreendidos HDs com diversos conteúdos pornográficos escondidos no quarto da filha de quatro anos de idade.

Ao ser questionado, o designer afirmou estar desempregado e que estava fazendo bico de manutenção de computadores e limpeza de quintal.

Alegou que os HDs apreendidos são seus, bem como o computador que é de uso pessoal e exclusivo, ou seja, nenhum familiar tinha acesso a ele.

Entretanto, ressaltou não saber do conteúdo ilícito, acreditando que programas de pirataria utilizados para baixar filmes e séries tenham colocado os arquivos no aparelho.

Já o outro preso, que trabalha como motorista de aplicativo,ficou em silêncio durante interrogatório e não deu nenhum tipo de declaração.