Menu
Busca domingo, 15 de dezembro de 2019
Polícia

Proprietários de gado são multados em R$ 15 mil por criar animais em área protegida

Envolvidos responderão por crime ambiental e podem pegar pena de três meses a um ano de detenção

12 julho 2019 - 15h30Por Da redação/JP News

A Polícia Militar Ambiental (PMA) de Três Lagoas multou dois homens, de 49 e 66 anos, por criar gado dentro de reserva legal coletiva em um assentamento, que fica próximo ao município de Inocência, na rodovia MS-112. Criação de animais em área protegida é proibido por lei.

A PMA informou que recebeu denúncias sobre o caso e a equipe foi até o local. Os policiais constataram várias cabeças de gado dentro da área, que é cercada pelo Instituto Nacional da Reforma Agrária (Incra) para ser recuperada e constituir a reserva legal do assentamento.

Os proprietários moram em Inocência. O idoso foi multado em R$ 5 mil e o outro em R$ 10 mil, conforme a quantidade de gado que estavam degradando a área protegida. Eles também responderão por crime ambiental, podendo pegar pena de três meses a um ano de detenção. Os dois foram notificados a retirar o gado da reserva legal e a recuperar a parte degradada.