Tribunal de Contas
(67) 99826-0686
Camara - marco

Quadrilha envolvida em assalto a sorveteria na Júlio de Castilhos é presa

Prisão

17 OUT 2013
Carlos Guessy
16h23min

A Rotac (Equipe da Rondas Táticas da Capital) prendeu, entre a noite de ontem (16) e a madrugada desta quinta-feira (17), seis pessoas acusadas de envolvimento no assalto a uma sorveteria na Avenida Júlio de Castilhos, em Campo Grande, que terminou com um policial militar baleado. Conforme os suspeitos, um menor de 14 anos foi quem disparou contra o militar.

Foram presos Vanderlei Rondon Duarte, de 24 anos, Jeferson Crispim do Nascimento, 26 anos, Cleiton Ribeiro de Oliveira, 20 anos, Renato Serpa Correia, 19 anos, Kelverson Barbosa, também de 19 anos, e V.D.S.L., de 14 anos.

Depois de receber denúncia de que um dos envolvidos no caso estaria no Distrito de Indubrasil, policiais da Rotac foram até o local onde abordaram Renato caminhando na rua. Ele foi questionado sobre sua participação no crime, mas num primeiro momento negou.

Policiais então contaram que viram as imagens do assalto e reconheceram Renato na cena do crime. Ele então confessou seu envolvimento e entregou os comparsas. Disse também que o adolescente foi quem atingiu o policial.

No Indubrasil, o Batalhão de Choque prendeu Renato, Cleiton e apreendeu o menor. Os demais foram localizados no Bairro Dom Antônio Barbosa, em Campo Grande. Ainda conforme a polícia, apenas Vanderlei mora na Capital. Os outros envolvidos residem no distrito.

Com a quadrilha a polícia apreendeu a arma de fogo usada no assalto, um revólver calibre 32, uma motocicleta roubada em Campo Grande e um veículo Uno usado para dar apoio no dia do crime.

Os acusados foram entregues na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Centro.

Veja também