(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Quadrilha que levou R$ 250 mil dos Correios usava tutorial para arrombar cofres

Os suspeitos ostentavam e viajam para praias com o dinheiro dos crimes

2 DEZ 2016
Anna Gomes
14h57min
Foto: Anna Gomes

Participantes de uma quadrilha que invadiu sete agências dos Correios foram presos pelos policiais do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros). Os criminosos conseguiram faturar mais de R$ 250 mil e a polícia ainda flagrou, em um dos aparelhos celulares apreendidos dos bandidos, um tutorial de como arrombar cofres.

Conforme o delegado Fábio Peró, do Garras, após praticarem os crimes, os suspeitos ainda ostentaram, viajaram para praias, levando as namoradoras para 'curtir' com o dinheiro adquirido nos delitos.

Nesta manhã de sexta-feira (2), foram apresentados Felipe Douglas Ferreira, 24, e Fabrício da Costa Roland, 26. Nos aparelhos telefônicos da dupla, havia fotos de viagens, dinheiro e carros de luxo.

Felipe e Fabrício já estão presos, mas a polícia ainda faz buscas para encontrar Gustavo Gasparino, 19, e Luiz Carlos Geovani, 31 anos. Segundo a polícia, o grupo furtava as agências dos Correios da Capital e, em seguida, levavam os cofres. Está comprovado que o bando participou em pelo menos sete casos, sendo um deles no interior do Estado, em Ivinhema. Ao todo, foram três tentativas de furto e quatro consumados.

Foto: Anna Gomes

Em Mato Grosso do Sul, 23 agências dos Correios foram roubadas ou furtadas de março até agora, deles quatro roubos e sete furtos já foram esclarecidos, mas a polícia não descarta a possibilidade do grupo nesses crimes. O prejuízo totaliza mais de R$ 1 milhão.

Além dos Correios, o bando também tentou entrar no Santander, mas pessoas conseguiram anotar o número da placa que o grupo estava. O veículo foi encontrado abandonado, dentro do carro havia ferramentas como pé de cabra, luvas, máscaras e um comprovante de compra de um guarda-sol.

Com o comprovante, a polícia foi até o estabelecimento, onde pelas câmeras de segurança do local, conseguiram identificar Felipe. Ele foi detido pela polícia em um posto de combustíveis e também logo em seguida conseguiram prender Fabrício.

Veja também