TCE JUNHO 2022
PREF MARACAJU JUNHO REFIS 2022
Menu
quarta, 29 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
Polícia

Treinador encostava em aluna de 15 anos para 'mostrar o músculo do glúteo'

Relatos de abusos por parte de treinadores e professores estão no @exposedcg

10 junho 2020 - 07h00Por Rayani Santa Cruz

É impressionante o número de relatos de abuso sexual e violência contra a mulher divulgada na conta do twitter @exposedcg. Alunas de academias comentaram sobre 'encochadas', passadas de mão e malícias por parte de alguns professores. 

“Comecei ir à academia em 2016, com 15 anos. E, desde então, a pessoa que deveria me ajudar [treinador] me deixava sempre desconfortável quando me “ensinava” os exercícios. Ele ficava atrás de mim, me encochando e passando a mão na minha bunda, para, segundo ele, mostrar o músculo do glúteo”, diz essa ex-aluna da academia. 

A vítima conta que o professor a via na rua e mandava beijos e a olhava como se ela fosse um pedaço de carne. “Um episódio que me marcou muito foi quando ia ter um show na cidade e ele me perguntou se eu iria e com qual roupa. Eu sempre fui muito grossa com ele, e disse que iria de saia longa. Ele respondeu: não gostei não, queria ver seu corpo”.

O fato é que quando ocorre esse tipo de abuso, a maioria dos locais tenta resolver em uma conversa com o profissional e a aluna, em comunicação interna. Na maioria das vezes, o abusador continua trabalhando e a vítima muda o local de malhar e fazer exercícios por medo.

“O objetivo de trazer a informação é deixar os abusadores "com medo'' de repetir o ato novamente! Já que quem deveria tomar uma atitude a respeito não age (Principalmente em Instituições Particulares) que necessitam do dinheiro dos alunos, para continuarem movimentando o curso”, diz uma das administradoras da @exposedcg.