Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
camara municipal
Polícia

Rapaz de 24 anos passa Land Rover sobre cabeça de namorada de 21 anos em MS

Ele teria agredido a jovem nesta semana; depois do crime, fugiu

26 janeiro 2019 - 12h47Por Celso Bejarano

Policiais civis e militares da região de Eldorado, cidade distante 446 quilômetros de Campo Grande, já perto da linha de fronteira que separa Mato Grosso do Sul do Paraguai, caçam desde a noite de ontem, sexta-feira (26), o estudante Hugo Henrique Perin, de 24 anos, acusado de atropelar e matar intencionalmente a namorada Rayanne Dias Moreira, 21. Os dois viviam juntos e haviam se separado recentemente.

O episódio ocorreu à noite, perto de um posto de gasolina situado no centro da cidade de 12,3 mil habitantes.

De acordo com a Polícia Civil local, Rayanne havia denunciado o parceiro à polícia por agressão. Desde a briga, ocorrida nesta semana, os dois tinham se distanciado.

Na noite de sexta-feira, Hugo teria ido ao posto abastecer o veículo, Land Rover, e a namorada, com uma motocicleta Biz, o seguiu, segundo informação da polícia.

Depois do posto, o rapaz saiu e, já na rua, os dois teriam discutido mesmo com os veículos em movimento. O rapaz bateu o carro na moto, a jovem caiu e, ainda assim, Hugo o atropelou. Umas rodas da Land Rover passou em cima da cabeça da vítima, que morreu no local.

Eldorado fica a 22 quilômetros da cidade Mundo Novo, na divisa com o Paraná. A cidade fica ainda perto do território Paraguai.

Essas seriam as linhas de investigação da polícia. O rapaz, logo depois de matar Rayanne, pode ter fugido para essas regiões.

 

 

Leia Também

Servidor é preso por usar caminhonete da Funai para buscar maconha na fronteira
Polícia
Servidor é preso por usar caminhonete da Funai para buscar maconha na fronteira
Lewandowski nega recurso do Estadão para saber se exame de covid é mesmo de Bolsonaro
Geral
Lewandowski nega recurso do Estadão para saber se exame de covid é mesmo de Bolsonaro
Bolsonaro proíbe Mandetta de trabalhar por seis meses: 'Estou abismado'
Geral
Bolsonaro proíbe Mandetta de trabalhar por seis meses: 'Estou abismado'
Investigação diz que Witzel está no topo de estrutura que fraudou contratos no Rio
Geral
Investigação diz que Witzel está no topo de estrutura que fraudou contratos no Rio