Menu
Busca sábado, 07 de dezembro de 2019
Polícia

Segurança brasileiro é preso por executar paraguaio em boate

Crime aconteceu na fronteira e ainda deixou outra vítima ferida

20 julho 2019 - 17h33Por Amanda Amaral

O brasileiro Dorival Mendoça Arguelho, 48 anos, foi preso na tarde deste sábado (20) por executar a tiros o paraguaio Óscar Julián Samaniego Ferreira, 29 anos, em uma casa noturna de Pedro Juan Caballero. O homem foi abordado pela polícia quando transitava próximo a Ponta Porã, para onde estaria fugindo.

O crime aconteceu na madrugada do último domingo (14) e Óscar chegou a ser levado ao Hospital Regional da cidade, onde chegou com morte cerebral. No ataquem ficou ferida a brasileira Jucirley Rodríguez da Costa, 34 anos, que já foi liberada do hospital, conforme o Porã News.

O caso

As vítimas foram atacadas a tiros na frente de uma casa noturna “Complejo 98”, situada no bairro Obrero de Pedro Juan Caballero na madrugada do ultimo domingo (14), por volta de 5h30. O segurança do local realizou disparos a queima roupa contra as vítimas, sendo dois disparos contra Julián, um deles na cabeça.

O segundo disparo foi realizado quando a vítima já estava caída ao chão e pegou de raspão em Jucirley. Desde então, o segurança se encontrava foragido da Justiça paraguaia.