TCE Novembro
TJMS DEZEMBRO
Menu
quinta, 02 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CAMARA - vacinaçao
Polícia

Sérgio foi morto a facadas por dívida de R$ 10 no Jardim Noroeste

Crime aconteceu em julho deste ano e autor do crime confessou para a polícia em interrogatório que vítima tinha uma dívida

21 outubro 2021 - 17h57Por Vinicius Costa

A Polícia Civil ouviu nesta quinta-feira (21), o assassino confesso de Sérgio Otazu de Souza, de 34 anos. A vítima foi morta na noite do dia 6 de julho deste ano, no Jardim Noroeste, por causa de uma dívida de R$ 10.

Conforme os detalhes revelados pela polícia, o autor confessou ter matado Sérgio por conta dessa pequena dívida que a vítima tinha com ele.

Ainda de acordo com o depoimento feito no interrogatório na 3° Delegacia de Polícia Civil, em Campo Grande, o homem relatou que ele e a vítima estavam usando cocaína, além de ingerir bebida alcoólica, quando se iniciou uma discussão e agressões mútuas.

Relatos apontam que a vítima não tinha condições de se defender, pois estaria muito mais embriagada do que o autor.

Em determinado momento, o assassino fugiu do local, mas retornou na posse de um facão e logo passou a golpear a vítima, onde pelo menos duas facadas atingiram o tórax e abdômen de Sérgio Otazu. A vítima teria sido esfaqueada, quando já estava ao solo, sem qualquer chance de defesa.

Após o crime, acreditando que Sérgio estava morto, o autor teria fugido para local incerto. Na sequência dos eventos, a vítima mesmo golpeada com violência, teria se levantado e dado poucos passos, caindo ao solo em seguida e vindo a óbito em decorrência da gravidade das lesões sofridas.

O autor possui passagens pelos crimes de dano, falsidade ideológica, roubo, roubo majorado, furto, furto qualificado, lesão corporal seguida de morte, roubo e tráfico de drogas.