TJ BANNER JUNHO 2022
PREF MARACAJU JUNHO REFIS 2022
Menu
sábado, 25 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Polícia

SINPOL-MS vai aguardar investigações para se posicionar sobre prisão de delegado

Delegado foi preso na 3ª fase da Omertà

18 junho 2020 - 12h17Por Nathalia Pelzl

O SINOL-MS (Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul) vai aguardar o final da operação para se posicionar sobre a prisão do delegado Márcio Shiro Obara, que stá entre os presos da 3ª Fase da Operação Omertà, deflagrada nesta quinta-feira (18), em Mato Grosso do Sul.

Ao TopMídiaNews, o presidente em exercício Pablo Rodrigo Pael informou que o órgão vai “aguardar o transcorrer da operação, não sabemos o teor das investigações”.

Obara é ex-titular da DEH (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídios) e lotado atualmente na 2ª DP (Delegacia de Polícia), em Campo Grande.

A Operação é realizada por agentes da Polícia Civil, do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), Batalhão de Choque, com apoio da Corregedoria da Polícia Militar.  O Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado) e o Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros) cumprem mandados de prisão desde às 6 horas.

Uma das primeiras presas pela operação foi a sobrinha e secretária de Jamil Name, Cinthya Name. Outros três presos foram conduzidos para a mesma delegacia. Lucimar Calisco, Paulo Malaquias, Lucas Silva e Benevides Candido Pereira  estão entre os presos.