Prof Rinaldo
(67) 99826-0686
Gov - Agosto Lilas 09 a 24/08

Suspeito de ter matado homem encontrado boiando em rio é preso no PR

Foragido também é apontado como autor de um outro homicídio em Dourados

18 JUL 2019
Da redação/Ponta Porã Informa
08h03min
Foto: Divulgação/Polícia Civil

O suspeito de ter matado Assunção Ojeda, 47 anos, em um assentamento de Ponta Porã em maio deste ano, foi preso nesta quarta-feira (17) em Foz do Iguaçu, no Paraná. Ele foi preso por investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul com o apoio da Denarc (Divisão Estadual de Narcóticos da Polícia Civil) do Paraná.

Além da morte de Assunção, o foragido, identificado como Antônio Ferreira Bianco Neto, também é apontado como autor de um outro homicídio em Dourados, segundo o delegado Mikaill Alessandro Gouvea Faria. Os detalhes sobre o segundo homicídio, no entanto, não foram divulgados.

O caso – Ojeda foi encontrado boiando nas águas de um rio dentro da área do assentamento Itamarati em Ponta Porã em  28 de maio. As últimas informações adquiridas pela família da vítima após o desaparecimento era de que ele e um homem, teriam sido vistos bebendo em um bar na área comercial do assentamento Nova Itamarati.

Três dias antes o veículo Celta de Ojeda já havia sido encontrado incendiado nas proximidades da ponte de acesso ao assentamento Nova Era, mas somente no dia (28) que os familiares do desaparecido retornaram as buscas e encontraram o corpo boiando nas águas. Ojeda teria sido morto com golpes de facão e em seguida jogado no rio.

Veja também