(67) 99826-0686

Suspeitos de homicídio no Paraná, vereador e mais três são presos em MS

A quadrilha é suspeita de sequestrar e matar um jovem de 19 anos

19 DEZ 2016
A Gazeta News
10h14min
Foto: Divulgação/PC

Em apoio a trabalho de investigação desencadeado pela Polícia Civil da cidade de Bela Vista do Paraíso, no estado do Paraná, a Polícia Civil de Mato Grosso do Sul prendeu nesse sábado (17), em Iguatemi, quatro pessoas, entre elas um vereador, todas procuradas pela Justiça paranaense pelos crimes de homicídio qualificado, sequestro e ocultação de cadáver.

De acordo com a ocorrência policial, após uma briga, o vereador Willian Ricardo Chaves da Costa, de 28 anos, acompanhado de outras pessoas, teria sequestrado e matado Lucas Henrique dos Santos Ferraz, 19 anos, morador no distrito de Santa Margarida, pertencente à Bela Vista do Paraíso.

O rapaz teria sido espancado, assassinado e depois teve o corpo jogado no Rio Vermelho. Segundo o site Sertanópolisnews, o corpo de Lucas foi encontrado pela Defesa Civil de Bela Vista do Paraíso na manhã da sexta-feira, dia 16 de dezembro.

Após tomar conhecimento do crime que causou grande repercussão na cidade de 15,6 mil habitantes, que inclusive levou a protestos e bloqueio de avenida por parte de familiares e amigos da vítima, a Polícia Civil da cidade paranaense situada a 40 quilômetros de Londrina passou a atuar no caso.

Durante as investigações, que foram conduzidas pelo delegado Ricardo Jorge, a Polícia Civil chegou aos supostos envolvidos no assassinato do jovem, o vereador da cidade, Willian Ricardo Chaves da Costa, Ricardo Aparecido Chaves, de 40 anos, Bruno Cesar da Costa, de 21 anos e Júnior Cesar da Costa Choptian, de 18 anos.

A autoridade policial representou pela prisão preventiva do quarteto e o pedido foi deferido pelo juiz da Comarca de Bela Vista do Paraíso, Helder José Anunziato.

As investigações prosseguiram e levantaram a informação que os suspeitos poderiam estar escondidos na cidade de Iguatemi, em Mato Grosso do Sul.

Diante do pedido de apoio por parte da polícia paranaense, investigadores da Delegacia de Polícia Civil de Iguatemi, sob coordenação do delegado titular local, Thiago de Lucena e Silva, passaram a atuar no caso e conseguiram localizar e prender o quarteto procurado pela Justiça do Paraná.

De acordo com o delegado que coordenou a operação, Dr. Thiago de Lucena, um dos procurados foi preso na casa onde o quarteto estaria usando como refúgio e os outros três enquanto participavam de uma festa do laço que acontecia na cidade.

Segundo o delegado regional de Polícia Civil, em Naviraí, responsável por várias delegacias na região, Claudineis Galinari, os quatro presos serão encaminhados para as delegacias de Eldorado e Mundo Novo, onde aguardarão a transferência para a cidade paranaense onde são procurados pela Justiça.

Veja também