Menu
quinta, 26 de novembro de 2020
Polícia

Vizinha e ex-patrão tentam livrar a cara de madrasta acusada de matar bebê de 1 ano

Ela e o pai da criança estão sendo julgados e a sentença deve sair no final do dia

10 março 2020 - 14h41Por Nathalia Pelzl

Uma vizinha e um ex-patrão de Jéssica Leite Ribeiro, 23 anos, acusada de matar o enteado Rodrigo Moura Santos, de 1 ano e seis meses, no dia 16 de agosto de 2018, serão ouvidos como testemunhas de defesa, durante o julgamento que acontece nesta terça-feira (10) no tribunal do júri, em Dourados.

Ela e o pai da criança Joel Rodrigo Avalo dos Santos, 28 anos, estão sendo julgados e a sentença deve sair no final do dia.

Jéssica está presa em Corumbá e foi ouvida através de videoconferência. Conforme o site Dourados Agora, os advogados Victor Caceres e Renan Pompeu defendem Joel, e o advogado Osmar Blanco faz a defesa de Jéssica.

O júri é composto por 4 mulheres e 3 homens. Três testemunhas de acusação também foram ouvidas, sendo o médico legista, a enfermeira do SAMU e a mãe da criança. O médico Fabiano do Samu foi dispensado.

Leia Também

Salários dos servidores estaduais de MS será depositado nesta sexta-feira
Economia
Salários dos servidores estaduais de MS será depositado nesta sexta-feira
Pastelaria e garaparia são incendiadas em MS
Interior
Pastelaria e garaparia são incendiadas em MS
Funcionários de fazenda são mortos em ação da PM em Goiás; patrões falam em engano
Geral
Funcionários de fazenda são mortos em ação da PM em Goiás; patrões falam em engano
Funcionário de funerária que fotografou corpo de Maradona é demitido
Geral
Funcionário de funerária que fotografou corpo de Maradona é demitido