ENTREGAS
Solurbe - corrida do meio ambiente 18/04 a 08/05
(67) 99826-0686
Prestação de contas 17/04 a 26/04/2019

Traficante é baleado durante perseguição policial na Capital

Policiais recuperaram um veículo furtado e apreenderam 237 quilos de maconha

26 SET 2016
Diana Christie e Anna Gomes
09h30min
Foto: Divulgação/PM

O Batalhão de Choque da Polícia Militar apreendeu 237 quilos de maconha e prendeu um homem ainda não identificado durante abordagem na madrugada desta segunda-feira (26), na MS-080, na zona rural de Campo Grande. Um veículo furtado em Goiás também foi recuperado.

Segundo o boletim de ocorrência, o Batalhão de Choque recebeu uma denúncia anônima informando que um veículo Hyundai, placas de Brasília, passou em frente ao hospital Regional e o motorista perguntou para algumas pessoas onde fica a saída de Rochedo. Como o carro parecia pesado e a estrada é conhecida por ser rota do tráfico, os policiais decidiram fazer uma tocaia.

Os policiais permaneceram na rotatória da saída para Rochedo por um tempo e, quando retornavam para Campo Grande, cruzaram com o veículo nas proximidades do Detran-MS (Departamento de Trânsito de Campo Grande). O motorista, no entanto, ignorou a ordem de parada e começou a fuga em alta velocidade, em direção à saída do município.

Foto: Divulgação/PM

Após cerca de dez quilômetros, o traficante perdeu o controle do veículo, rodou na pista e parou no acostamento. De acordo com o boletim de ocorrência, neste momento, os policiais renderam o rapaz e pediram para que ele colocasse as mãos na cabeça, mas ele saiu do veículo atirando contra a guarnição. A equipe então reagiu, efetuando alguns disparos, e ele fugiu.

No entanto, durante as buscas, o rapaz foi encontrado e atingido no braço. Conforme o comandante do Batalhão de Choque, Tenente-Coronel Marcos Paulo, ele está sendo encaminhado para a Santa Casa e novo registro da ocorrência está sendo realizado pelos policiais.

O veículo usado pelo traficante foi furtado em Goiânia (GO), em 15 de agosto, e as drogas totalizaram 237 quilos de maconha, divididas em 234 tabletes. O material, assim como um aparelho de celular da marca LG, na cor preta, foi encaminhado para a Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico).

Veja também