Menu
sexta, 18 de setembro de 2020
Polícia

Guarda Civil agora se chama Metropolitana, mas serviço continua igual em Campo Grande

Polícia Municipal não foi pra frente, mas nome novo está valendo; concurso com 350 vagas está previsto para acontecer ainda em 2019

16 março 2019 - 15h15Por Anna Gomes

Nem Polícia Municipal, nem Guarda Municipal, agora o nome correto é Guarda Civil Metropolitana. A nomenclatura mudou, mas o serviço continua o mesmo. É o que explica o secretário Valério Azambuja, da Sesdes (Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social).

Segundo ele, a intenção da classe é sempre agir em conjunto para ajudar a população. “Vamos continuar trabalhando como sempre e não vamos medir esforços para reduzir a criminalidade. Se vai ser polícia municipal ou não, isso não vai interferir no nosso serviço”, adiantou o secretário.

Mesmo com a mudança de nome, o concurso com 350 vagas previsto para acontecer ainda em 2019 não será cancelado. A mudança de uniforme da categoria, que foi prometida durante solenidade em que estava presente o Prefeito Marquinhos Trad (PSD), também está nos planos.

“Vamos continuar tudo como estava. O concurso com as 350 vagas vai acontecer sim, já que estamos com um desfalque no efetivo. A modificação de uniforme também é algo concreto, mas ainda não vamos confirmar se iremos mudar a cor”, adiantou o secretário.

Quando interrogado se a mudança do nome teve ligação com a polêmica envolvendo a PM (Polícia Militar), Valério preferiu não entrar em detalhes e diz que a corporação serve para somar e não para ocupar o espaço de outras polícias.

“Não queremos ocupar o espaço de ninguém e sim trabalhar em conjunto. Se é polícia municipal ou não, isso não interfere na realização de um bom trabalho”.

Entenda

A Polícia Municipal agora é Guarda Civil Metropolitana, depois de uma audiência realizada no dia 20 de fevereiro deste ano no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. A decisão contou com 10 votos favoráveis a mudança.

É válido ressaltar que a medida suspende integralmente a eficácia da emenda de alteração da Lei Orgânica, até o julgamento que deve ser marcado.

No dia da votação, o presidente do Sindicato da Guarda Civil, Hudson Bonfim, reforçou que a questão da nomenclatura não influencia nas atribuições da função exercida  pelos servidores e o pedido não tem legitimidade.

Leia Também

Bolsonaro defende volta às aulas e ataca professores: 'tá bom pra eles ficar em casa'
Geral
Bolsonaro defende volta às aulas e ataca professores: 'tá bom pra eles ficar em casa'
Jovem morre em Ponta Porã após aplicação estética em clínica clandestina no Paraguai
Hidrogel
Jovem morre em Ponta Porã após aplicação estética em clínica clandestina no Paraguai
Mais 829 brasileiros morrem de covid-19 nesta quinta-feira, diz Ministério da Saúde
Geral
Mais 829 brasileiros morrem de covid-19 nesta quinta-feira, diz Ministério da Saúde
Pantanal: bombeiros fazem intenso combate às queimadas no Porto da Manga
Cidades
Pantanal: bombeiros fazem intenso combate às queimadas no Porto da Manga