Menu
Busca domingo, 17 de novembro de 2019
Polícia

VÍDEO: desesperada, mulher vai à cena de crime na Ernesto Geisel saber se marido é a vítima

Esposo está desaparecido desde a quinta-feira

09 novembro 2019 - 12h27Por Thiaggo de Souza

Rosa Maria de Oliveira Brites, 44 anos, foi até a avenida Ernesto Geisel, em Campo Grande, local onde um corpo foi  achado na manhã deste sábado (9), saber se a vítima era o marido dela, desaparecido desde quinta-feira (7). Ela passou uma hora e meia de aflição até descobrir que o cadáver não era do amado. 

A moradora do Alves Pereira disse que o esposo recebeu o pagamento na quinta-feira e não deu mais notícias. Ela garante que ele não tem problemas com a Justiça e que apenas bebe bastante. 

Rosa tentava pegar detalhes sobre as características do cadáver, que estava dentro do córrego Segredo e comparar com as do marido. Assim que a  vítima foi içada pelo Corpo de Bombeiros, ela comprovou não se tratar do esposo, que era mais velho e mais gordo que o rapaz assassinado no bairro Taquarussu.  

A mulher mostrou alívio por não ser o esposo e também compaixão com a famíia de Roney Cezário, vítima de esfaqueamento no terreno de uma casa à beira da Ernesto Geisel. 

Conforme a gravação, as primeiras informações passadas aos bombeiros eram que a vítima seria criminosa, mas isso não foi confirmado pela polícia. Amigos disseram que Roney era usuário de droga e não fazia mal a ninnguém.