Menu
quarta, 30 de setembro de 2020
Polícia

Vigia é preso após oferecer R$ 15 para fazer sexo com deficiente

Suspeito levou a vítima para um motel e a mãe da mulher foi resgatá-la

19 março 2019 - 08h00Por Da redação/Meio Norte

A Polícia Militar realizou a prisão do vigia da Prefeitura da cidade de Parnaíba, identificado como Raimundo Luis Pereira, mais conhecido como ‘Raimundo Preto’, natural de Camocim, no Ceará e residente em Parnaíba, no bairro Alto Santa Maria, sob acusação de tentativa de estupro de vulnerável. 

De acordo com informações da polícia, a vítima possui 32 anos e é portadora de deficiência. Ela estava entrando em um motel junto com Raimundo Luis quando foram vistos pelo padrasto dela, que passava na rua no momento. A mãe da vítima foi comunicada e entrou no motel para resgatá-la.

Ao adentrar no quarto, viu a mulher de short e sem blusa. O vigia estava usando uma bermuda e não chegou a cometer o ato libidinoso. A polícia prendeu o vigia e o encaminhou para a Central de Flagrantes. O delegado Maikon Kaestner atuou o acusado por tentativa de estupro. 

A informação da polícia judiciária é que a vítima iria receber R$ 15 reais para realizar o ato sexual com o acusado. O acerto ocorreu em frente à escola do Sesi na Avenida Pinheiro Machado. Segundo a polícia, Raimundo já havia sido preso anteriormente por embriaguez. 

Leia Também

Ao contrário do esperado, fronteira teve apenas alguns pontos reabertos
Cidades
Ao contrário do esperado, fronteira teve apenas alguns pontos reabertos
Ministério da Agricultura vai investigar 'sementes misteriosas' vindas da China
Geral
Ministério da Agricultura vai investigar 'sementes misteriosas' vindas da China
Corrupção: vice toma posse após prefeito ser cassado pela Câmara de Bandeirantes
Política
Corrupção: vice toma posse após prefeito ser cassado pela Câmara de Bandeirantes
Com cachorro no colo, Bolsonaro sanciona pena maior para maus-tratos a animais
Geral
Com cachorro no colo, Bolsonaro sanciona pena maior para maus-tratos a animais