Menu
domingo, 16 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Polícia

Vitima ajuda polícia prender ladrões e desvendar vários crimes

Crime

17 setembro 2015 - 07h40Por Mariana Anunciação

Eliton da Silva Souza, de 24 anos e Marcio Luiz Antunes de 30 anos foram detidos por roubo majorado pelo concurso de pessoas por volta das 21h30 de ontem (16), ao assaltarem uma lanchonete localizada na Avenida Duque de Caxias, em Campo Grande. O flagrante apenas foi possível com a colaboração de uma das vítimas.

Elineide Campos de Figueiredo, de 48 anos, contou à polícia que dois indivíduos de bicicletas roubaram sua lanchonete usando uma pistola de cor preta e o seu marido, Nauile Rodrigues Coimbra, de 52 anos, saiu à “caça” deles. Foram levados o celular dela e aproximadamente R$ 150,00. Diante dos fatos, a polícia iniciou as diligências encontrando a vítima nas proximidades do Bairro Sayonara.

Nauile contou que os bandidos acabaram o ameaçando com revólver e ele fugiu, sendo que os autores foram ao sentido oposto. Continuando a perseguição, foi possível encontrar Eliton, que acabou confessando o crime e que estavam usando uma arma de brinquedo. Também disse que o comparsa é quem estaria com o produto do roubo e deu a localização da residência dele.

Após solicitar reforço policial e diligências, foi possível encontrar Marcio em um terreno baldio, no Bairro Santa Mônica. Ele estava com R$ 139,00, o celular, bicicleta e o simulacro de arma de fogo. As vítimas reconheceram os autores durante o interrogatório. Eliton confessou outros crimes praticados recentemente como terça-feira (15) no Big Bife, na Avenida Capiparibe. Foram levados R$ 280,00, que ele teria gasto em uma boca de fumo.

Também contou que na semana passada junto com outro comparsa identificado como Luiz Carlos da Silva, conhecido como Lulu, teriam roubado diversos celulares das pessoas na Avenida Duque de Caxias e Júlio de Castilho. Eliton revelou ainda que o falso revólver seria de um amigo que empresta para cometer crimes, em troca da partilha dos produtos. Tanto é, que no mesmo dia (15), Eliton teria repassado dois celulares que foram roubados com Rafael.

Ambos foram presos e levados à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do Centro,  junto com a bicicleta, o simulacro e o celular.