Menu
Busca domingo, 15 de dezembro de 2019
Política

'Santa da discórdia' enrola Maia com bancada evangélica

Presidente da Câmara agradeceu santa católica pela aprovação da reforma

12 julho 2019 - 09h36Por Celso Bejarano, de Brasília

Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, complicou-se numa entrevista concedida a uma emissora de tevê na tarde desta quinta-feira (11).

No diálogo, ele foi elogiado e tido como uma espécie de “salvador da pátria” pela aprovação do texto-base do projeto da reforma agrária, proposta pelo presidente Jair Bolsonaro.

Rodrigo, rápido respondeu, mais ou menos assim: olha, o salvador não sou eu e sim esta aqui (exibiu a imagem do Nossa Senhora da Aparecida, uma das mais importantes entre os católicos). Bastou.

Mais tarde, deixou o plenário em plena sessão dos destaques da reforma e foi para uma sala conversar com a bancada dos evangélicos. Sabe-se lá se levou, ou não, um puxão de orelha.

Os evangélicos, em peso, votam pelo projeto de Bolsonaro. Rememorando: uns 10 ou 15 anos atrás, um pastor evangélico, pela tevê, chutou a imagem de uma santa, justo a Aparecida. À época, deu um quiproquó danado.