Menu
quarta, 28 de outubro de 2020
Política

Mais um vereador cassado consegue liminar no TSE e volta à Câmara

Liminar

19 dezembro 2013 - 16h13Por Carlos Guessy

O vereador Alceu Bueno (PSL) conseguiu via Tribunal Superior Eleitoral (TSE) uma liminar para permanecer no cargo. Ele teve o mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MS) e conseguiu na tarde desta quinta-feira (19) se manter no cargo até o julgamento final do processo de compra de votos. A medida foi concedida pelo ministro Henrique Neves, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“A gente estava bastante confiante por ver que o ministro entendia de outra forma, até porque não tem prova alguma. Tem é muita conversa e denúncias vazias. O mandato foi Deus que nos deu e que o povo tire a gente nas eleições e não essa de sair na base do ‘tapetão’”, ressaltou Alceu Bueno.

Outros três vereadores Thais Helena (PT), Paulo Pedra (PDT) e Delei Pinheiro (PSD) também conseguiram se manter no cargo, após apreciação de liminar pelo mesmo ministro, Henrique Neves da Silva, concedida ontem (18).

Hoje é o último dia de expediente no TSE e só volta em fevereiro, portanto o julgamento dos quatro vereadores deve ficar só para março de 2014. Se a liminar não fosse concedida, Francisco Luis do Nascimento (PRTB), conhecido como Saci, seria diplomado nesta tarde.

Nesta manhã, o secretário municipal de Governo, Pedro Chaves dos Santos, afirmou que o vereador Alceu Bueno (PSL) já integra a base de apoio do prefeito Alcides Bernal (PP), junto com o vereador Paulo Pedra (PDT).

Alceu nega que tenha aderido à bancada governista. "Não conversei com ninguém sobre isso. Tenho um grande carinho pelo senador Delcídio, mas uma coisa não tem nada a ver com outra", declarou Alceu esta tarde.

O vereador não quer polemizar sobre o assunto, em razão de integrar a Comissão Processante da Câmara. "Não posso falar nada agora para não desqualificarem meu trabalho na Comissão Processante, como já fizeram com os demais vereadores", destacou.

Leia Também

Mulher esfaqueada ao defender amiga atacada pelo marido segue internada na Santa Casa
Interior
Mulher esfaqueada ao defender amiga atacada pelo marido segue internada na Santa Casa
Chamou pelo nome: usuário de cocaína atira contra morador e vai preso em Coxim
Interior
Chamou pelo nome: usuário de cocaína atira contra morador e vai preso em Coxim
Bolsonaro desiste de decreto que sugeria privatização do SUS
Geral
Bolsonaro desiste de decreto que sugeria privatização do SUS
Governo de MS vai pagar o 13º em data escolhida pelos servidores
Cidades
Governo de MS vai pagar o 13º em data escolhida pelos servidores