Menu
domingo, 20 de setembro de 2020
Política

VÍDEO: senador com complexo de herói rouba vídeo dos Vingadores para divulgar projeto

Vídeo com imagens produzidas pela Marvel fere a lei de direitos autorais

26 abril 2019 - 16h25Por Luis Abraham

Na onda da estreia do filme 'Vingadores: Ultimato', todo mundo quer tirar uma casquinha e com o senador Álvaro Dias (PODEMOS-PR) não foi diferente. No começo desta tarde (26), o político, natural do Paraná, veiculou nas redes sociais uma campanha pelo fim do foro privilegiado.

Até aí tudo bem, o problema é que, ao vincular vídeo com imagens da Marvel Comics, produzida pela Marvel Studios e distribuído pela Walt Disney Studios Motion Pictures, Álvaro fere a Lei nº 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais.

O artigo 109 do dispositivo, caso descumprido, sujeitará os responsáveis à multa de vinte vezes o valor que deveria ser originariamente pago. Isto é, antes de produzir e veicular a campanha em prol do fim do foro privilegiado, a equipe do senador deveria antes ter consultado editora americana de quadrinhos da possibilidade de utilizar a obra em benefício próprio.

"Vingadores à brasileira"

A versão 'verde-e-amarela' se utiliza do trailer de divulgação de 'Vingadores: Ultimato' e traz Álvaro como Capitão América, sua assessora Cristiane Salles como Viúva Negra e o secretário parlamentar Eduardo Motta como Homem de Ferro. A produção ficou à cargo de Fred Raposo, Ronan Lucas, Carlos Nascimento e Marco Daros.

Embora o áudio esteja em inglês, todo o texto foi adaptado para o contexto do foro privileagiado, bandeira defendida pelo senador paranaense como o projeto mais importante do Congresso Nacional.

Segundo Álvaro Dias, cerca de 55 mil autoridades se utilizam da prerrogativa que determina que ocupantes de determinados cargos sejam julgados por instâncias específicas do Judiciário.

Na prática, isso significa que algumas autoridades não são julgadas na primeira instância, como qualquer cidadão, e sim por tribunais superiores. No vídeo é dito que o instituto protege 'marginais de colarinho branco' e que 'político honesto não precisa de foro', de forma que somente com o fim da prerrogativa 'todos serão iguais perante à lei'.

Repercussão positiva

Apesar do flagrante desrespeito à Lei dos Direitos Autorais, a campanha não parece ter tido uma repercussão negativa entre os apoiadores do senador. Os comentários que se destacam são positivos e demonstram serem favoráveis ao fim do foro privilegiado.

(Foto: reprodução/Facebook)

Leia Também

Profissional faz alerta após jovem pagar por cílios postiços e acabar com dificuldade de enxergar
Algo mais
Profissional faz alerta após jovem pagar por cílios postiços e acabar com dificuldade de enxergar
Esposa de compositor morto quebra celular na parede e implora pelo marido de volta
Geral
Esposa de compositor morto quebra celular na parede e implora pelo marido de volta
Chapadão do Sul recebe 'baita de uma chuva' e população comemora
Interior
Chapadão do Sul recebe 'baita de uma chuva' e população comemora
Adolescente de 17 anos mata marido a facadas dentro de casa em Corumbá
Interior
Adolescente de 17 anos mata marido a facadas dentro de casa em Corumbá