Menu
terça, 27 de julho de 2021
PMCG REFIS 16 A 29/07
Política

Após escândalo de Alceu Bueno, PSL descarta candidatura na Capital

13 fevereiro 2016 - 12h59Por Dany Nascimento

A titular da Agereg (Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados), Ritva Vieira afirmou ao TopMídiaNews que não pretende entrar na disputa eleitoral deste ano e prefere acompanhar as campanha de fora, apoiando o prefeito Alcides Bernal (PP), e desenvolvendo atividades como secretária até o mês de dezembro.

"Não tenho planos para as eleições.  Nesse momento de retorno do prefeito, entendemos que o mais importante é o trabalho a desempenhar, temos muitas coisas para levantar dentro da Agência de Regulação, que é um dos órgãos estratégicos para administração como um todo, uma vez que cuida e regula todos os serviços públicos concedidos de necessidade máxima para a população", afirma Ritva.

Sobre os abalos à imagem do PSL, diante de escândalos envolvendo o ex-presidente regional da sigla, Alceu Bueno, flagrado tendo relações sexuais com adolescentes, Ritva ressalta que os membros estão em fase de reconstrução da legenda. Eles querem comprovar para a população que, mesmo com o ocorrido, o partido repudia o ato e não possui vínculo com o ex-vereador.

"O partido está sendo todo reconstruído, todo reorganizado depois dessa crise lamentável que a legenda passou por conta do presidente anterior, estamos fazendo reformulação geral", diz Ritva.

De acordo com a secretária, seu partido tem planos de lançar maior número de pré-candidatos a vereadores no interior. Na Capital, a militância ainda está intimidada, mas também pode concorrer à Câmara Municipal, descartando apenas o Poder Executivo. "Teremos o maior número de pré-candidatos no interior. Teremos pré-candidatos a prefeito em Naviraí e Sidrolândia, mostrando que o PSL está sendo reconstruído", enfatiza.