TCE Novembro
Menu
domingo, 05 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CONSTRUINDO O SABER 29/11 A 29/12
Política

Após Nelsinho falar em aliança, Bernal dispara: 'somos como água e óleo'

15 maio 2016 - 09h32Por Airton Raes

O prefeito e Campo Grande, Alcides Bernal (PP), declarou ser impossível uma aliança com o PTB. A resposta veio após a declaração do ex-prefeito de Campo Grande Nelsinho Trad (PTB), que afirmou que aceitaria fazer aliança com todos, não descartando o PP. “Tenho todo respeito por Nelsinho. Mas eu e ele somos como água e óleo. Não existe nenhuma possibilidade”, disparou.

Perguntando sobre com quais partidos estaria dialogando sobre possíveis alianças, Bernal afirmou que o Diretório Municipal do PP que está cuidando das articulações politicas. “Eu não estou muito envolvido. Mas temos cinco partidos como aliados”, informou.

Bernal tem evitado em falar sobre as eleições municipais em suas agendas, mesmo sendo presidente do diretório estadual do PP em Mato Grosso do Sul.

Quatro integrantes do primeiro escalão da administração municipal descompatibilizaram dos cargos com objetivo de concorrer a uma vaga de vereador e aumentar a base de apoio do atual prefeito. A ex-secretária de Desenvolvimento Econômico, Dharleng Campos de Oliveira, ex-diretor-presidente da Fundação Municipal de Esporte, Ricardo Dal Farra e o ex-secretário de Juventude, Wilton Acosta Edgar, todos filiados ao PP, vão disputar as eleições para vereador.

O ex-secretário de governo Paulo Pedra (PDT) irá coordenar a campanha para a reeleição de Alcides Bernal. Entretanto, o PDT anunciou que terá candidatura própria na disputa no pleito municipal, lançando o nome da ex-vereadora Tereza Name.